Eleições na Casa do Concelho do Sabugal

Casa do Concelho do Sabugal em Lisboa - © Capeia Arraiana (orelha)

O presidente da Mesa da Assembleia Geral da Casa do Concelho do Sabugal, Joaquim Esteves Saloio, publicou uma convocatória a todos os sócios para uma reunião geral extraordinária no dia 17 de Maio de 2007.

A Casa do Concelho do Sabugal, fundada em 13 de Fevereiro de 1975, tem vivido tempos difíceis em consequência do abandono de funções da maior parte dos seus directores. O sentimento geral é de alguma apreensão entre todos os que frequentam, vivem e sentem a Casa. Apenas o serviço de refeições sob a responsabilidade do Hélder conseguiu manter a porta aberta cumprindo com as obrigações mensais da associação.
Chegou a hora de unir os esforços e apresentar uma lista de raianos disponíveis para voltar a colocar a Embaixada do concelho do Sabugal no lugar que tem direito: uma Casa Regional credível, viva, com iniciativas, digna representante das nossas terras e das nossas gentes em Lisboa e aglutinadora de todos os naturais, descendentes e amigos do Sabugal.
O Capeia Arraiana associa-se ao desejo de tempos melhores para a Casa e com todo o respeito reproduzimos a convocatória do presidente da Mesa da Assembleia Geral, Joaquim Esteves Saloio, a todos os sócios da Casa do Concelho do Sabugal para uma reunião geral extraordinária:

«Nos termos do disposto no n.º 1 do Artigo 14.º e para as finalidades previstas nos Artigos 11.º a 17.º dos Estatutos da Casa do Concelho do Sabugal, convoco a Assembleia Geral para se reunir, em sessão extraordinária, no próximo dia 17 de Maio de 2007, quinta-feira, pelas 18 horas, na sede da Casa do Concelho, sita na Avenida Almirante Reis, 256, 2.º, esquerdo, em Lisboa, com a seguinte ordem de trabalhos:
1 – Análise e deliberação sobre o relatório e contas dos exercícios anteriores.
2 – Apresentação de listas para a realização do próximo acto eleitoral.
3 – Informações gerais sobre a situação da associação.
Se à hora indicada não estiver presente o número de sócios necessário para o regular funcionamento da Assembleia Geral, esta reunirá, 30 minutos mais tarde, independentemente do número de sócio presentes.»

:: ::
Agora que parecem estar reunidas as condições necessárias à reunião de sócios é desejo de todos nós que saia fumo branco para esta nossa Casa.
jcl

Deixar uma resposta