Castelo de Cinco Quinas - Sabugal

A imponente torre de menagem pentagonal tem 38 metros de altura. ler mais »

Encerro na Capeia Arraiana

Entre a poeira ao longe despontam as varas dos cavaleiros e, logo no meio do turbilhão, o sobe e desce dos vultos em corrida encrespada. ler mais »

Capeia Arraiana

Ao grito de «Ó Forcão, Rapazes!», cerca de três dezenas de rapazes irão segurá-lo e resistir às investidas do touro. O baile de pés e a bravura serão recompensados pelos aplausos da assistência. ler mais »

Ponte de Sequeiros

Agora há outras pontes, mas esta, do Sabugal, é mítica: abriu as portas de Portugal a Ribacôa e as portas de Ribacôa a Portugal. ler mais »

Nascente do Rio Côa - Fóios

O rio Côa nasce na Serra das Mesas, no limite dos Fóios (Sabugal-Guarda), percorre 130 quilómetros até desaguar, na margem esquerda do rio Douro em Vila Nova de Foz Côa. ler mais »

Documentário sobre El Rei D. Dinis

O Capeia Arraiana juntou, em Odivelas, junto ao túmulo de El Rei D. Dinis dois dos mais ilustres historiadores do concelho do Sabugal: Maria Máxima Vaz e Adérito Tavares. LocalVisãoTV na Zon (posições 14 e 199), Meo (198 e 199), Cabovisão (16), Vodafone TV (198 e 199) e Optimus Clix (19). ler mais »

Natália Bispo

A guardiã da Casa do Castelo. ler mais »

Personalidade do Ano

Adérito Tavares - Personalidade do Ano 2018 ler mais »

 
Franklim Costa Braga - Orelha - 180x135 - Capeia Arraiana

Viagens dum globetrotter desde os anos 60 (11)

Viajar hoje é quase obrigatório. Toda a gente gosta de mostrar aos amigos uma foto tirada algures longe da morada. Organizam-se excursões para visitas cá e lá fora, com viajantes que, por vezes, mal têm para comer. Mas, como é moda, toda a gente viaja. (Etapa 11).

Terras por onde andou o Franklim - Capeia Arraiana

Terras por onde andou o Franklim

José Carlos Mendes - A Minha Aldeia - © Capeia Arraiana

Postal TV (269)

Duas referências, dois problemas: um para a RTP 1; outro, para já, para a SIC. Leia e deduza o resto que não posso contar por falta de confirmação…

Osiris no centro de um tornado de altas pressões... - Capeia Arraiana

Osiris no centro de um tornado de altas pressões… (Foto: D.R.)

Ramiro Matos - Sabugal Melhor - © Capeia Arraiana (orelha)

Passam os anos fica a saudade… (25)

As férias de Verão nunca estariam completas sem uma semana em Vale de Espinho.

Cantareira e arca salgadeira das casas raianas - Capeia Arraiana

Chambaril, Cantareira e arca salgadeira das casas raianas

Câmara Municipal Sabugal - © Capeia Arraiana

Museu do Sabugal tem Regulamento

Hoje, 20 de Março, foi publicado no Diário da República o regulamento do Museu Municipal do Sabugal, pelo qual se define a sua organização interna e o funcionamento daquele espaço cultural, que na prática existe desde 2003, no largo de São Tiago, num edifício histórico remodelado, que em tempos acomodou o posto da Polícia de Segurança Pública e a Repartição de Finanças.

Museu Municipal do Sabugal

Maria Rosa Afonso - Orelha - Capeia Arraiana

Quando os compromissos são postos em causa…

Vivemos tempos de uma crescente agitação social, nomeadamente na função pública, em que se sucedem greves e manifestações de diferentes profissionais – professores, enfermeiros, magistrados, polícias… – mostrando que foram criadas expetativas e, nalguns casos, assumidos compromissos que o governo não cumpriu.

Ministério das Finanças e da Administração Pública - Capeia Arraiana

Ministério das Finanças e da Administração Pública

Fernando Capelo - Terras do Jarmelo - © Capeia Arraiana

Março quer-se marçagão

Março é auspicioso e é um mês em que pode acontecer de tudo. Aos vinte dias conclui-se o inverno. Aos vinte e um já a primavera nos abraça. O dia oito homenageia as mulheres e o dia dezanove celebra o dia do pai. Às vezes março festeja a Páscoa. Este ano, só último dos seus trinta e um dias é dilatado pela hora legal.

Março mimoseia-nos com dias cálidos ou ventilados mas, uns e outros, prazenteiros

Paulo Leitão Batista - Contraponto - © Capeia Arraiana (orelha)

O vinho do pobre

Antigamente nas nossas aldeias, o pobre, que não podia passar sem vinho, deborcava toda a zurrapa que lhe viesse aos queixos, fosse ela oferecida ou comprada a baixo preço na taberna.

Bebendo pela borracha (ou bota)

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

O perigo dos fundamentalismos

Li um artigo da jornalista Clara Ferreira Alves no semanário «Expresso», cujo titulo é «Começa assim de repente». E o que é que começa assim de repente? O desmoronar da Democracia e o aparecimento da Extrema Direita.

O perigo dos fundamentalismos - Capeia Arraiana

O perigo dos fundamentalismos

Confraria Bucho Raiano - Capeia Arraiana (orelha)

Confraria do Bucho em Oliveira do Hospital

Uma delegação da Confraria do Bucho Raiano foi a Oliveira do Hospital, participar no XXX Capítulo da Confraria do Queijo Serra da Estrela, no sábado, dia 16 de Março, que coincidiu com a Feira do Queijo Serra da Estrela e outros Produtos da região.

Troca de oferendas entre as Confrarias do Bucho Raiano e do Queijo Serra da Estrela

José Carlos Mendes - A Minha Aldeia - © Capeia Arraiana

Casteleiro – Medidas antigas para sólidos e líquidos

Hoje trago em repetição algo que me fascina mesmo: que termos eram usados na medida de sólidos, de líquidos… e até da moeda – naqueles tempos heróicos da minha meninice? Espero que valha a pena recordar isto tudo… É um pouco longo, mas «necessidade obriga»: temos de ter a paciência de ler tudo, está bem?

Balança Decimal - Capeia Arraiana

Balança Decimal (Foto: D.R.)

Confraria Bucho Raiano - Capeia Arraiana (orelha)

Porco vivo / porco morto

Indigitado pelos Corpos Sociais da Confraria do Bucho Raiano para proferir a Oração de Sapiência neste X Capítulo, foi com algum receio que assumi esse encargo, tendo em conta as apresentações de oradores e investigadores qualificados que prestigiaram os Capítulos anteriores. Na qualidade de humilde confrade, peço à digníssima assistência que aceite com benevolência o meu singelo contributo.

José Leitão Baptista proferindo a oração de sapiência no X Capítulo da Confraria do Bucho Raiano

A esperteza de um doido

Certo domingo, ao sair da missa das onze, padre Zacarias atravessava o adro por entre os seus fregueses descobertos, quando um homem, por todos considerado alienado, lhe tomou o passo e lhe disparou uma pergunta.

Todos os Domingos são Santos?

António Gonçalves - Colaborador - Orelha - Capeia Arraiana

Roda dos Expostos – distribuição geográfica (1851/55)

Com a documentação existente no Arquivo Distrital da Guarda foi possível realizar um levantamento dos locais de origem das crianças matriculadas em Sortelha, umas expostas outras não, somente para este período.

Sortelha

José Carlos Mendes - A Minha Aldeia - © Capeia Arraiana

1971-74 – Os dias da Tropa (28)

O meu plano é trazer aqui um resumo dos 38 meses e 11 dias da minha tropa: desde 21 de Julho de 1971 (entrada no Curso de Oficiais Milicianos da Escola Prática de Infantaria de Mafra) até 2 de Outubro de 1974 (aterragem no aeroporto militar de Lisboa, vindos de Luanda). Trarei apenas episódios marcantes, nunca esquecidos, que dormem acordados nos recantos da minha memória.

Este é o Boeing 707, então usado para o transporte de tropa em missão - Capeia Arraiana

Este é o Boeing 707, então usado para o transporte de tropa em missão (Foto: Filipe Abreu)

António José Alçada - Orelha - Capeia Arraiana

O porquê de ser diferente!

Quando sofremos um esgotamento ou cansaço cerebral, normalmente a nossa recuperação leva-nos a refletir um pouco sobre nós mesmos. Julgamos que as doenças psiquiátricas apenas acontecem aos outros, mas o facto é que vivendo em sociedade o próprio ser humano impõe a si próprio regras e contrariedades que com a idade vão-nos «consumindo» acabando um dia por nos deitar abaixo. Numa das reflexões que fiz veio na sequência de uma atividade de escuteiros que me fez recordar os meus tempos de juventude e que, por incrível que pareça, tem me ajudado imenso nesta difícil recuperação.

O porquê de ser diferente - Capeia Arraiana

O porquê de ser diferente

Franklim Costa Braga - Orelha - 180x135 - Capeia Arraiana

Viagens dum globetrotter desde os anos 60 (10)

Viajar hoje é quase obrigatório. Toda a gente gosta de mostrar aos amigos uma foto tirada algures longe da morada. Organizam-se excursões para visitas cá e lá fora, com viajantes que, por vezes, mal têm para comer. Mas, como é moda, toda a gente viaja. (Etapa 10).

Terras por onde andou o Franklim - Capeia Arraiana

Terras por onde andou o Franklim no Verão de 1968 – Mapa da Escandinávia e alguns países da ex-URSS

José Carlos Mendes - A Minha Aldeia - © Capeia Arraiana

Postal TV (268)

As televisões privadas estão na berra porque decidiram ambas ao mesmo tempo exacto pôr no ar programas concorrentes em que «usam» participantes femininas vindas de caminhos da pornografia e da nudez? Porquê? Para quê?

Guerra de audiências e de liderança entre a SIC e a TVI - Capeia Arraiana

Guerra de audiências e de liderança entre a SIC e a TVI com programas polémicos.

Ramiro Matos - Sabugal Melhor - © Capeia Arraiana (orelha)

Rede Sabugal Primus

O envolvimento da diáspora sabugalense espalhada um pouco por todo o mundo é essencial para o desenvolvimento do Concelho do Sabugal.

Rede Sabugal Primus - Capeia Arraiana

Em 2015 a Rede Sabugal Primus reuniu os sabugalenses em Lisboa, Paris e Sabugal

Maria Rosa Afonso - Orelha - Capeia Arraiana

A independência dos povos – o caso da Catalunha

Estão a ser julgados, num tribunal de Madrid, 12 independentistas catalães, nove dos quais presos há mais de um ano, acusados de rebelião, sedição, desvio de fundos e desobediência. Isto, porque proclamaram a República da Catalunha, a 27 de outubro de 2017, depois de um referendo independentista não reconhecido pelo Estado espanhol.

Manifestação pela independência da Catalunha (Foto: D.R.) - Capeia Arraiana

Manifestação pela independência da Catalunha (Foto: D.R.)

Paulo Leitão Batista - Contraponto - © Capeia Arraiana (orelha)

Caldo escoado – outra receita esquecida

O raiano, avezado à alimentação frugal, tem por tradição emborcar a côdea com peguilho, empurrada a golpes de verdasco. Sentando-se porém à mesa, em família ou na carava dos amigos, aprecia deglutir suculento repasto.

Panela de Ferro ao Lume - Capeia Arraiana

Panela de Ferro ao Lume – Capeia Arraiana

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

Argumentação engenhosa

Todo o sistema político, toda a ideologia, ou seja todo o sistema de poder tem um código semântico, uma maneira própria de falar.

Péricles - Oração fúnebre anual sobre os mortos na guerra - Capeia Arraiana

Péricles – Oração fúnebre anual sobre os mortos na guerra

António Alves Fernandes - Aldeia de Joane - © Capeia Arraiana

Cinquenta anos de criação literária

Estas linhas são uma simples e modesta homenagem a um escritor português, com grande obra publicada, embora muitas vezes injustamente esquecido. Estou a referir-me a Manuel da Silva Ramos, nascido em 1947 na Covilhã. Estudou Direito na Universidade de Lisboa e na “primavera marcelista” exilou-se em França, de onde só regressou em 1997.

Lançamento do livro “Os Três Seios de Novélia”na Biblioteca Eugénio de Andrade no Fundão

José Carlos Mendes - A Minha Aldeia - © Capeia Arraiana

Casteleiro – As profissões na aldeia antiga

Em blogues que editei e neste mesmo nosso «Jornal», não me farto de referir as condições de vida e o modo de vida dos meus conterrâneos em tempos bem difíceis. E mesmo assim, na aldeia havia «artistas» e profissões de várias espécies – havia quase tudo o que era preciso para a aldeia funcionar. É sobre isso que hoje pode ler aqui algumas informações interessantes, acho eu…

Batata, melancia, feijão... - Capeia Arraiana

Batata, melancia, feijão…

Nomes árabes

Como se sabe, os árabes dominaram a Península Ibéria durante largos séculos. Aqui viveram e conviveram, e das suas tradições ficaram alguns factos curiosos que foram estudados por historiadores, como foi o caso dos nomes que davam às mulheres.

Mulheres árabes

António Gonçalves - Colaborador - Orelha - Capeia Arraiana

As rodeiras

«Aquele que ignora o seu passado está condenado a revivê-lo.» – Marc Block. Sortelha tem uma dívida histórica para com a rodeira Maria Gonçalves! Isto acreditando que os políticos, Juiz de Fora e os diversos párocos não eram uma cambada de incompetentes e corruptos!

Miradouro dos Quatro Ventos – Sortelha

José Carlos Mendes - A Minha Aldeia - © Capeia Arraiana

1971-74 – Os dias da Tropa (27)

O meu plano é trazer aqui um resumo dos 38 meses e 11 dias da minha tropa: desde 21 de Julho de 1971 (entrada no Curso de Oficiais Milicianos da Escola Prática de Infantaria de Mafra) até 2 de Outubro de 1974 (aterragem no aeroporto militar de Lisboa, vindos de Luanda). Trarei apenas episódios marcantes, nunca esquecidos, que dormem acordados nos recantos da minha memória.

Restam muitos traumas, é verdade... Mas também há saudades da camaradagem de então... - Capeia Arraiana

Restam muitos traumas, é verdade… Mas também há saudades da camaradagem de então…

António José Alçada - Orelha - Capeia Arraiana

O Filho do Alfaiate

Em garoto nem imaginava vir anos mais tarde conhecer o protagonista desta estória. Manuel da Silva Ramos, um beirão que ama a sua cultura e me ajudou como aspirante a escritor, tendo recentemente celebrado 50 anos do lançamento do seu primeiro livro: «Os três seios de Novélia». Mas o facto é que a vida dá muitas voltas e nos longínquos anos 60 ou setenta, ainda no período do Estado Novo, era «obrigado» a usar fato e um dia memorizei este episódio que hoje vos tenho o prazer de relatar. Seguramente com tantos anos passados até seja possível que alguma ficção se sobreponha à realidade, mas o facto é que a verdadeira essência permanece.

Manuel da Silva Ramos - Capeia Arraiana

Manuel da Silva Ramos

Franklim Costa Braga - Orelha - 180x135 - Capeia Arraiana

Viagens dum globetrotter desde os anos 60 (09)

Viajar hoje é quase obrigatório. Toda a gente gosta de mostrar aos amigos uma foto tirada algures longe da morada. Organizam-se excursões para visitas cá e lá fora, com viajantes que, por vezes, mal têm para comer. Mas, como é moda, toda a gente viaja. (Etapa 09).

Viagens de um GlobeTrotter - Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

Viagens de um GlobeTrotter – Franklim Costa Braga – Capeia Arraiana

José Carlos Mendes - A Minha Aldeia - © Capeia Arraiana

Postal TV (267)

Manuel Luís Goucha anda danado e dá-se como estando já na mó de baixo, mas ameaça não desistir… Mas os políticos teimam em manter a vantagem de Cristina. Um forró!…

António Costa e Família na cozinha da Cristina..

António Costa e Família na cozinha da Cristina…

Ramiro Matos - Sabugal Melhor - © Capeia Arraiana (orelha)

Passam os anos fica a saudade… (24)

A matança do porco é uma das festas familiares que mais lembro e de que tenho mais saudades.

Enchido pendurado nas cozinhas das aldeias raianas - Capeia Arraiana

Enchido pendurado nas cozinhas das aldeias raianas

Hoje destacamos... - © Capeia Arraiana (orelha)

Os novos ídolos do desporto espanhol

Um dos países mais tradicionais nos desportos, a Espanha tem uma lista grande de atletas consolidados que já marcaram o nome na história de várias modalidades. Nos últimos anos, alguns desportistas chegaram para dar continuidade ao trabalho de atletas mais velhos e estão a brilhar no cenário internacional. Das mesas do póquer até as courts de badminton, o desporto espanhol tem atletas novos de destaque e que devem dominar em suas modalidades por muito tempo.

Ramón Colillas, jogador espanhol de Póquer - Photo by Neil Stoddart @ Rational Intellectual Holdings Ltd.

Ramón Colillas, jogador espanhol de Póquer (Photo by Neil Stoddart @ Rational Intellectual Holdings Ltd.)

Maria Rosa Afonso - Orelha - Capeia Arraiana

No reino do compadrio e das «capelinhas»

Ainda, na sequência dos incêndios de junho de 2017, quando pensávamos que não havia mais nada para descobrir, em Pedrogão Grande, afinal, por estes dias, reportagens da TVI voltam a surpreender. Há dois armazéns, cheios de produtos doados, incluindo eletrodomésticos e mobílias, mais ou menos abandonados, enquanto muita gente os necessita e os solicita.

Reportagem de Ana Leal da TVI sobre os donativos para Pedrógrão Grande - Capeia Arraiana

Reportagem de Ana Leal da TVI sobre os donativos para Pedrógrão Grande

Fernando Capelo - Terras do Jarmelo - © Capeia Arraiana

Crónica ou desabafo?

Acabei por granjear suficiente arrojo para articular sobre um proeminente meio de comunicação social como a televisão assumindo, desde já, que sustento o presente intento num fastio, profusamente incomodativo, motivado pela estirpe de canais TV a que tenho vindo a ter acesso. Não coloco, evidentemente, tudo no mesmo saco e permito-me salientar, como rara e honrosa exceção, o canal 2 da televisão pública.

A televisão persiste num apelo que desce ao primário das emoções

Paulo Leitão Batista - Contraponto - © Capeia Arraiana (orelha)

Torresmo – uma iguaria gastronómica

Há pequenos e simples petiscos que são verdadeiros acepipes. Exemplo disso é o torresmo, iguaria com fortes raízes na tradição popular gastronómica, advinda de tempos de muita provação, onde a necessidade se juntava ao esmero na confecção.

Torresmos

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

A Inconfidência Mineira

A «Inconfidência Mineira» foi uma tentativa de revolta e posterior independência do Brasil, tudo se passou em 1789. Vou escrever sobre duas personagens – José Joaquim da Silva Xavier e Joaquim Silvério dos Reis – que tiveram grande influência nessa época histórica do Brasil, um foi um mártir, o outro um traidor.

Retrato de Joaquim José da Silva Xavier - O Tira-Dentes - Capeia Arraiana

Retrato de Joaquim José da Silva Xavier – «O TiraDentes»

Confraria Bucho Raiano - Capeia Arraiana (orelha)

Capítulo da Confraria do Bucho

No sábado de Entrudo, dia 2 de Março, o décimo capítulo da Confraria do Bucho Raiano juntou à mesa 230 convivas, depois de um vistoso cortejo pela zona histórica do Sabugal e da cerimónia protocolar, que teve lugar no Auditório Municipal. Vieram ao Sabugal representantes de 15 confrarias nacionais, que assistiram à entronização de sete novos confrades, à actuação do grupo de teatro Anel de Pedra e à oração de sapiência pelo confrade José Leitão Baptista.

As confrarias posaram na escadaria do Solar dos Britos

José Carlos Mendes - A Minha Aldeia - © Capeia Arraiana

Casteleiro – Os anos das mudanças importantes

Há anos que venho defendendo, quer neste «jornal» quer noutros locais de promoção, o seguinte: entre 1950 e 1970 as tecnologias chegadas ao Casteleiro ajudaram a mitigar a vida dura da nossa terra – como de outras, claro. Leia, por favor, e veja do que falo…

Telefonia dos anos 60 - Capeia Arraiana

Telefonia dos anos 60

O imperador Domiciano

O imperador romano Domiciano foi, sem dúvida, um dos maiores perseguidores da religião cristã nascente e um dos tiranos que mais envergonham a púrpura dos Césares.

Domiciano

António Gonçalves - Colaborador - Orelha - Capeia Arraiana

Dinheiro para sustento dos expostos de Sortelha

As informações disponíveis revelam-nos um país onde reinava a insegurança; uma região situada distante dos centros de decisão e isolada nas montanhas!

Sortelha

José Carlos Mendes - A Minha Aldeia - © Capeia Arraiana

1971-74 – Os dias da Tropa (26)

O meu plano é trazer aqui um resumo dos 38 meses e 11 dias da minha tropa: desde 21 de Julho de 1971 (entrada no Curso de Oficiais Milicianos da Escola Prática de Infantaria de Mafra) até 2 de Outubro de 1974 (aterragem no aeroporto militar de Lisboa, vindos de Luanda). Trarei apenas episódios marcantes, nunca esquecidos, que dormem acordados nos recantos da minha memória.

Área de Conservação Transfronteiriça de Maiombe - Capeia Arraiana

Área de Conservação Transfronteiriça de Maiombe